sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

EITA DEUS MARAVILHOSO!!

Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo (Is. 41.13)

Sábado depois do almoço, estamos viajando com destino a Anápolis – Go

-              Ei amor, olha quanto adubo esta vazando na carreta da frente
-              Vamos avisá-lo senão quando for descarregar vai ter muita perda

Demos sinal de luz e paramos no primeiro posto de combustível para avisar o motorista, cedemos um pouco de espuma para que ele vedasse a carreta e o vazamento fosse estancado.

Demos partida no caminhão que não saiu do lugar

- Bem! a carreta travou, aconteceu alguma coisa.

Descemos pra ver, apenas uma mangueira de ar estourada, pronto! Vamos. Andamos 10 mts.
- Ihh outra mangueira estourada, peraí, o que é isso? Meu Deus!!
-  O que foi? Perguntei
-  O Chassi rachou e abriu quase dois palmos?
-  Você esta querendo dizer que o chassi esta quebrado em pleno sábado a tarde?
- Sim, Isso sem contar a conta do conserto que é bem salgada.

Tristes e desanimados, parados em frente a borracharia, pois a perspectiva era de ficar o fim de semana parados, no meio do nada, com o conserto sendo possível, talvez na segunda-feira, já que por ser final de ano, a maioria das empresas tinham emendado até o começo do novo ano.

Orei: Pai, o Senhor é o Deus do impossível, por favor, manda alguém pras consertar esse caminhão e que não cobre caro, pois o Senhor conhece a nossa situação, por favor paizinho, faz isso.

Passou uma meia hora, encostou um caminhão na borracharia, conversando com o motorista, meu marido perguntou onde morava, ele disse que na cidade ali, perto. Perguntou se conhecia alguem que consertasse o nosso caminhão, ele disse que sim, mas só na segunda feira.

Pedimos pra ele ligar, para a pessoa, uma vez que já tínhamos o não, íamos atrás do sim.

Resumindo, encostamos as 6h00 da manhã de domingo, na oficina e saímos as 13h00 com o caminhão arrumado, pronto para seguir viagem a um preço bem camarada.

Daí eu fico pensando na grandeza do nosso Deus, Ele permitiu que um caminhão vazasse adubo, que outro furasse o pneu, que outra pessoa trabalhasse em um domingo, o que não era comum, tudo para que um servo seu tivesse livramento, com certeza com risco, de roubo, acidente, morte...

Como é bom servir ao Rei dos reis e Senhor dos senhores, pois estamos sujeitos a tudo como todo mundo, mas o escape é certo e vem do Pai Celestial que cuida dos seus.

E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Romanos 8:28

Lidiomar Trazini Granatti

Por Litrazini


Graça e Paz