sábado, 4 de abril de 2015

BUSCANDO AS COISAS DO ALTO

BUSCANDO AS COISAS DO ALTO

E aconteceu que, estando elas muito perplexas a esse respeito, eis que  pararam junto delas dois homens, com vestes resplandecentes. E, estando elas muito atemorizadas, e abaixando o rosto para o chão, eles  lhes disseram: Por que buscais o vivente entre os mortos? Não está aqui, mas ressuscitou. (Lc. 24.4-6)

Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de  cima. (Colossenses 3:1)

Se eu busco as coisas do alto, meus atos revelarão o que eu busco; eles terão um caráter celestial, porque têm de necessariamente seguir a inclinação do meu coração. E não apenas isso.

Se estou buscando as coisas de cima, não há como perseguir as coisas deste mundo; as coisas de onde Cristo está são totalmente opostas às coisas onde Cristo esteve e foi rejeitado.

E quanto mais minhas atitudes refletirem e confirmarem minha busca, mais ela será ardente e profunda.

E não estarei apenas buscando, mas também pensando nas coisas celestiais, e não nas desta terra.

Estamos peregrinando no mesmo lugar onde ele não está mais.

E como podemos saber o que O agrada, a não ser que estejamos em íntimo contato com o lugar onde o Senhor está?

Obviamente não podemos andar em pleno acordo com o Senhor Jesus, que está no céu, se não buscarmos as coisas do alto, onde ele está assentado à destra do Pai.

Quando tomamos essa decisão, nossos olhos se voltam automaticamente das coisas do mundo, e nos encontramos em comunhão com o Senhor no lugar onde ele está.

O anseio do coração está ligado ao cenário onde somos abençoados com todas as bênçãos espirituais. Se assim não for, iremos cair novamente nas coisas sobre as quais ele triunfou pela ressurreição.

O próprio fato de vivermos onde ele não está torna imprescindível que estejamos ocupados com ele onde ele está.

Extraído do devocional BOA SEMENTE

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz