sábado, 9 de maio de 2015

O QUE É CRER EM DEUS?

A grande questão a ser respondida, no que tange à religião, não é se cremos ou não na existência de Deus, porque a tal respeito, os próprios demônios não precisam crer, pois sabem que Ele existe, e isto de nada lhes aproveita.

Além disso, o ponto de vista de Deus é o que conta, e não aquilo, que a humanidade por Ele criada, considera como verdade para responder a questões tais como as seguintes:

– Há vida após a morte física?
– Há realmente no homem um espírito eterno?
– Há um juízo divino sobre cada pessoa?

Todavia, enquanto o homem pensa de tal modo, Deus afirma na Bíblia, relativamente ao homem que:
– Foi criado à Sua imagem e semelhança, e por isso é dotado de um espírito.
– Contudo, este espírito está morto, porque não carrega nele, naturalmente, a vida de Deus, que pode ser obtida, somente pela fé em Jesus Cristo.
– Na condição de morto, o espírito está debaixo de uma condenação que é designada por morte eterna, ou impossibilidade de ser reconciliado com Deus e ganhar, assim, a vida eterna.

Deste modo, a oferta do evangelho aponta sobretudo para a obtenção desta vida eterna que há em Jesus Cristo. Mas não se deve pensar nela, como o ato de se achar o santo graal da eternidade, e beber nele o sorvo que fará com que se viva para sempre.

Porque para isto, não há qualquer necessidade, porque o espírito humano não pode ser aniquilado. Ou ele vai pro céu, ou para o inferno.

É a verdade curta e grossa, exposta claramente na Palavra divina.

Ou bênção eterna, ou maldição eterna. Ou salvação eterna, ou condenação eterna. Ou alegria e glória eternas, ou vergonha e horror eternos. É o que está na Bíblia, e deve ser declarado.

Então em todos estes questionamentos se interpõe ainda um pensamento final, quanto ao que se deve pensar sobre o que seja Deus e a Sua vontade.

Jesus veio para nos revelar a pessoa e a vontade de Deus Pai.

Está no Novo Testamento registrado que não se ama a Deus se não amamos Sua Palavra, Seus mandamentos.

Então a verdadeira fé em Deus, ou em Cristo, dá no mesmo, é fé na Sua Palavra revelada, tal como  ela se encontra registrada na Bíblia.

“Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos;” (João 8.31)

Alguém dirá:
“Mas eu não creio nisto. Não creio que Jesus seja Deus. Não aceito os Seus mandamentos como sendo verdadeiros”

E daí, isto muda o céu? Muda o inferno? Muda a realidade? Muda a verdade?

O que penso não tem o poder de alterar um só milímetro tudo o que se refere ao desígnio e ao poder divino.

A morte física é coisa certa ou é uma quimera
O que pensamos altera a realidade desta morte?

E o que penso pode mudar o que se refere à morte espiritual e eterna?


Pr Silvio Dutra

Por Litrazini

Graça e Paz