quinta-feira, 12 de maio de 2016

NÃO FALE PALAVRAS TORPES

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem.” Efésios 5.29

É preferível falar errado, não ter uma conjugação verbal perfeita, não ser um erudito com as palavras, do que ser uma alguém que fala muito bem e usa a língua para ferir os outros.

Conheço pessoas que têm uma capacidade enorme de oratória e ao mesmo tempo usam a boca para ferir, para machucar.

Existem coisas que é preferível não falarmos para não ferirmos as pessoas. Precisamos entender que temos que usar a nossa boca para abençoar as pessoas.

A Bíblia diz para refrearmos a língua. Não podemos falar tudo que vem a nossa mente. 99% de problemas com casais estão intimamente ligados com a língua. “Ah, meu marido me chamou de fria” ou “ Minha esposa falou que não presto.”

Nossa vitória começará quando entendermos o valor das palavras. Um dos nomes de Jesus é “A Palavra” – todas as coisas que existem, o Senhor criou através da palavra.

Podemos nos tornar matadores des sonhos, quando usamos a nossa boca para depreciar a conquista dos outros.

Imagine uma situação em que você vai viajar com a família, faz uma oração, pede a proteção de Deus e vai embora. No meio do caminho, um amigo que foi com vocês na viagem, começa a mostrar os caminhos nos quais ele já tinha visto acidentes terríveis. Um clima de opressão tomaria conta do ambiente – porque aquela pessoa usa sua boca para derrubar.

Maldição é maldizer, é praguejar! “Filho não presta, casamento não está com nada…”

Que Provérbios 25.11 seja uma verdade na nossa vida: “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.”

Quando alguém contar a você um problema, não é para você liberar palavras de desestímulo, de fraqueza, de derrota e sim para liberar palavras de edificação.

Tome cuidado com o que você diz em determinados ambientes. A palavra de bênção anula a palavra de maldição. Mas quem não conhece a Palavra de Deus morre. “Prega a Palavra a tempo e a fora de tempo.” “Examinai as escrituras porque ela é o poder de Deus.”

Davi conhecia a Deus e a Sua Palavra, o gigante Golias não conhecia nem um nem outro. Sempre leia a Palavra de Deus, ela o fortalecerá e o instruirá para proferir palavras de vida! Deus tem me dado a graça para discernir as maçãs servidas por Deus e as maçãs servidas por satanás.

Quando Golias veio contra Davi o chamou de verme e disse que o mataria, mas Davi respondeu que ele é quem o mataria e cortaria sua cabeça. Por quê Davi falou isso? Porque ele conhecia o Senhor! Ele tinha intimidade com Deus e conhecia a Sua Palavra.

Nem sempre todas as coisas que profetizo para minha vida acontecem, mas nem por isso Deus deixa de ser Deus! A Palavra de Deus diz: “Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação.” Habacuque 3:17-18

Estamos sujeitos a todo o tipo de mazelas – a chuva cai sobre justos e injustos, mas que da nossa boca satanás não ouça palavras de maldição! Se acontecer algum problema conosco, que não seja porque proferimos maldições, mas porque o Senhor permitiu!

Davi confiava em Deus! Ele sabia que a vitória dele não viria pela força de suas mãos, mas pelo poder do Senhor. O gigante tomou uma pedrada na testa, e ele caiu para frente – Deus derrubou o gigante!

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem.”

Pr. Jorge Linhares

Por Litrazini

Graça e Paz