terça-feira, 21 de junho de 2016

O QUE VOCÊ QUER DE DEUS?

“E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.” Mateus 06:7-8

Temos por costume, nos achegarmos diante de Deus com uma listra de pedidos, porém, constam mais coisas supérfluas do que necessárias; falamos desordenadamente tudo o que queremos que Deus faça para conosco, descarregamos nossa bagagem de qualquer forma, esperando que Deus esteja com as mãos abertas por baixo para agarra-las; “Mas faça tudo decentemente e com ordem.”  I coríntios 14:40

Certo que, a palavra nos diz: “invoca-me no dia da angustia eu te livrarei, e tu me glorificaras” Salmo 50:15, isto quer dizer; no momento em que se está angustiado, deve-se chamar por Ele, em seu favor, pedir-lhe reforço para sair daquele mal, mostrando-lhe a razão de se estar ali, justificando-se, ou seja, reconhecendo que não merece, que é culpado por estar naquela circunstância, mas, que precisa do auxílio Dele, para sair daquela situação.“No dia da minha angustia clamo a ti, porquanto me respondes.” Salmo 86:07

Porém, muitas vezes, nem nós mesmos sabemos o que queremos; hoje se quer, amanhã se não quer mais, somos relapsos em nosso querer, não sabemos se de fato o que pedimos, queremos; porque, em momentos nos desesperamos diante de Deus requerendo algo, mas, se a circunstância mudar, nós, mudamos também o nosso querer, e aquilo o qual almejamos tanto, não terá mais tanto valor, fica em segundo plano. Devido a isto, sendo Deus conhecedor de todo o futuro, do fim das coisas, já que lhes são reveladas antes de dar-se inicio, pois, tudo o que nasce, é porque já fora feito, criada por Ele, logo, tantas coisas que lhe pedimos, Ele não nos entrega, visto estarmos pedindo por caprichos do momento. “Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” Tiago 04:03

Quando a nossa solicitação diante de Deus confere com aquilo que Deus tem para nós, antes mesmo de acabarmos de pedir, já nos é remetido, pois, é desejo de Deus agir em nosso favor, é desejo de Deus cumprir as suas promessas, isto se, estivermos na legalidade do seu Espírito, debaixo das suas ordenanças, dentro da sua vontade.” E qualquer coisa que lhe pedirmos, dele a receberemos; porque guardamos os seus mandamentos, e fazemos o que é agradável à sua vista.” I João 03:22

Assim sendo, certamente, muito mais do que lhe pedimos ou desejamos, Deus enviará para nós, porque diferente de nós, Deus não dá só o que foi pedido, não usa de mesquinhez. Ele completa, enche a aljava do necessário, para que haja total abastança, e, nunca mais, aquilo venha nos faltar. Deus tem prazer em fazer as nossas vasilhas transbordarem. “Daí, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo.”Lucas 06:38.

Precisamos é: sermos diretos, naquilo que queremos alcançar, agir como Deus age, sem rodeios, sem dar trégua para o inimigo se opor, acertarmos o nosso alvo; sermos específicos e claros, fazer encaixar a nossa vontade na vontade Dele, mostrar a Ele nossa necessidade, sem subterfúgios ou conversas paralelas, assim sendo, como Ele já sabe de tudo, apressuradamente, Ele ouvirá o nosso clamor, e derramará sobre nós, bênçãos, sem medidas. “E elas, e aos lugares ao redor do meu outeiro, eu porei por bênção; e farei descer a chuva a seu tempo; chuvas de benção serão.” Ezequiel 34:26

Fale diretamente com Deus aquilo que você precisa, e receba Dele a tua vitória. “Tu, ó Deus, mandaste a chuva em abundância, confortaste a tua herança, quando estava cansada.”Salmo 68:09

Pra. Elza Amorim Carvalho

Por Litrazini

Graça e Paz