sábado, 7 de maio de 2011

A origem do dia das mães

O dia das mães sempre é comemorado no segundo domingo do mês de Maio.

No ano de 1872, a americana Julia Ward Hause já havia tido a idéia de realizar tal homenagem, porém, Anna M. Jarvis concretizou essa idéia, ao homenagear a sua mãe a partir do ano de 1905. Essa data é comemorada em várias partes do mundo, desde então.

Anna M. Jarvis realizou, na Igreja Metodista Episcopal de Grafton West, na Virgínia (EUA), a primeira comemoração do dia das mães.

Em 1914, o Presidente norte-americano Woodrow Wilson oficializou a data.

A partir daí, várias correspondências começaram a chegar oriundas de várias partes do globo terrestre para Anna, e a data já estava, rapidamente, sendo comemorada por cerca de 43 países do planeta.

Todavia, com o passar do tempo, a data comemorativa começa a ter o seu sentido desvirtuado pelo interesse financeiro do comércio.

Anna M. Jarvis faleceu no dia 24 de novembro de 1958.

No Brasil, a Associação Cristã de Moços (ACM), no Rio Grande do Sul, teve a iniciativa de comemorar tal data no segundo domingo do mês de maio, no ano de 1918.

Em 1921, a ACM dá início ao primeiro ato público da comemoração do dia das mães em São Paulo. Em 1932, o presidente Getúlio Vargas baixa o Decreto nº 21.366, de 5 de maio de 1932, declarando que “o segundo domingo desse mês é consagrado às mães”.

Sabemos da importância que devemos dar a nossas mães, e não podemos nos lembrar dessa importância em apenas um dia do ano. Bom seria que nos lembrássemos de sua importância em todos os dias de nossa vida.

O apóstolo Paulo, escrevendo ao efésios, disse: “Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa” (Ef 6:2).

O próprio Deus disse: “Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá”
(Ex 20:12).

Lembremo-nos de nossas mães, porém, e acima de tudo, devemos entender que o lugar de primazia, honra e destaque em nossos corações e em nossas vidas pertence a Deus.

A Bíblia nos diz que devemos honrar a quem tem honra:

“Portanto, dai a cada um o que deveis: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem temor, temor; a quem honra, honra” (Rm 13:7)

Mas a Bíblia também nos diz que Deus não divide a sua glória com ninguém:

“Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei...” (Is 42:8)
.
Precisamos amar e honrar as nossas mães, mas o primeiro lugar em nossos corações deve pertencer a Deus, inclusive nos corações das próprias mães.

Que Deus abençoe a todas as mães nessa data especial, enchendo as suas vidas com toda sorte de bênçãos!!

Autor: Robson T. Fernandes

Por: Lidiomar

Graça e Paz