sexta-feira, 7 de outubro de 2011

O NÚMERO DE PROMESSAS


"Qual o número de promessas na Bíblia Sagrada?" 

Torna-se muito difícil dizer com preci­são o número de promessas contidas em toda a Bíblia, visto que as opiniões acerca do assunto divergem muitíssimo. 

Todavia, por fonte abalaizada de pesquisas, pode­mos afirmar que, no Velho e Novo Testa­mento há 8.810 promessas. Um número aparentemente irrisório, comparado aos 1.189 capítulos e 31.173 versículos existen­tes nas Escrituras Sagradas. Mas esta é a fonte mais acurada que temos no momen­to. 

Ademais, continuando a analisar o âm­bito do assunto, descobrimos que existem oito tipos de promessas em toda a Bíblia. Deus fez ao homem 7.487 promessas, cerca de 85% de todas. 

Em quase 1.000 exemplos anotados (991) uma pessoa faz promessa a outra pessoa. Isto dá cerca de 11% das promessas da Bíblia. Por exemplo, a promessa dos caldeus ao rei Nabucodonosor: "Diga o rei o sonho a seus servos, e lhe daremos a interpretação", Há ainda 290 promessas feitas pelo ho­mem a Deus. A maior parte 235 - encontra-se nos Salmos. Exemplo: "Abre, Senhor, os meus lábios, e a minha boca manifesta­rá os teus louvores", SI 51.15.

Vinte e oito promessas foram feitas pe­los anjos, estando 23 delas no Evangelho de Lucas. Como exemplo, citamos a pro­messa feita pelo anjo às mulheres junto ao túmulo de Jesus: "Ide depressa e dizei aos discípulos que Ele ressurgiu dos mortos, e vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. É como vos digo", Mt 28.7. 

Existem ainda duas promessas de Satanás. E esta é uma delas: "Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares", Mt 4.9. 

Um espírito maligno fez duas promes­sas: "Então saiu um espírito e se apresentou diante do Senhor, e disse: Eu o enga­narei. Perguntou-lhe o Senhor: Com quê? 

Respondeu ele: Sairei, e serei um espírito mentiroso na boca de todos os seus profe­tas", 2 Cr 18.20-21. 

Dos 66 livros da Bíblia, só a Epístola de Paulo a Tito não tem promessas. Dezessete outros livros contêm menos de dez promes­sas em cada um. Mesmo um livro impor­tante como Efésios só tem 6 promessas. 

O Novo Testamento tem 1.104 promes­sas; o Velho Testamento, 7.706. Isto signi­fica que sete em cada oito promessas são encontradas no Antigo Testamento. Ade­mais, Isaías, Jeremias, e Ezequiel têm mais de 1.000 promessas cada um, ou 3.086 nos três, e, ou, mais de 1/3 (35%) das pro­messas da Bíblia. A maioria delas é de na­tureza profética. Exemplo: "Eis que a vir­gem conceberá, e dará à luz um filho, e lhe chamará Emanuel", Is 7.14.

Muitos versículos têm mais de uma promessa. Este aqui tem quatro: Os que esperam no Senhor 

1) renovarão as suas forças; 

2) sobem como asas como águias; 

3) correm e não se cansam; 

4) caminham e não se fatigam: Is 40.31. 

Este outro tem cinco promessas: Levantai os vossos olhos para os céus, e olhai para a terra em baixo, porque

1) os céus desaparecerão como fu­mo;

2) e a terra envelhecerá como um vesti­do; 

3) e os seus moradores morrerão como mosquitos; 

4) mas a minha salvação durará para sempre; 

5) e a minha justiça não será anulada: Is 51.6. 

O capítulo com maior número de pro­messas é Deuteronômio 28. As 133 promes­sas ali contidas referem-se às bênçãos e maldições que Deus prometeu aos israeli­tas em Canaã, dependendo da obediência ou desobediência às suas ordens. 

Outro capítulo semelhante é Levítico 26, que contém 94 promessas, 3/4 de todas as promessas do livro. 

No que diz respeito a promessas, o Salmo 37 é o mais importante capítulo da Bíblia. Praticamente cada versículo é uma preciosa promessa. 

A Bíblia é um livro de infalíveis promessas. 

Finalmente, fazemos nossas as pala­vras do sábio Salomão, rei de Israel, dizen­do: "... nem uma só palavra falhou de to­das as suas boas promessas, feitas por in­termédio de Moisés, seu servo", 1 Rs 8.56. 

Extraído do livro: A Bíblia Responde – Edições CPAD 

Por Lidiomar 

Graça e Paz