sexta-feira, 16 de maio de 2014

Conhecendo a vontade de Deus

Existem alguns princípios sobre a vontade de Deus que não podemos esquecer.

Deus não revela toda a sua vontade de uma vez.

Para Deus é muito mais importante o que eu "sou" do que aquilo que eu "faço". Deus sempre tem mais para fazer em mim, do que através de mim.

Se você não está obedecendo à vontade geral de Deus revelada em sua palavra, Ele não revelara a sua vontade especifica. "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (Rm 12.2).

Como podemos conhecer a Vontade de Deus:

Atentando para os princípios da sua Palavra.
Abraão sabia o que Deus queria quando orientou seu mordomo Eliezer a buscar uma esposa para Isaque. "O Senhor Deus dos céus, que me tomou da casa de meu pai e da terra da minha parentela, e que me falou, e que jurou, dizendo: À tua descendência darei esta terra; ele enviará o seu anjo lá para meu filho" (Gn 24.7)

Através da oração. Eliezer "fez ajoelhar os camelos fora da cidade, junto a um poço de água. E disse: Ó Senhor, Deus de meu Senhor Abraão, dá-me hoje bom encontro, e faze beneficência ao meu senhor Abraão!" (Gn 24.11-12).

Dando paz interior. "Tens tu fé? Tema em ti mesmo diante de Deus. Bem aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas, se come esta condenado, porque não come por fé; e tudo o que não é de fé é pecado"(Rm 14.22,23).

Através das circunstâncias.
Deus usou de circunstâncias para levar o apostolo Paulo a entender o rumo que devia tomar (Atos 16.6-10)

Quando se quer algo que esteja afinado com a vontade de Deus, este tem prazer em atender e fazer cumprir seus sonhos (Salmos 37.4)

Quando tudo está bem não significa que estou na vontade de Deus, ou ao contrario, quando tudo esta mal não indica que eu esteja fora da vontade de Deus. Marcos 4.35-41 descreve um ato de obediência dos discípulos de Jesus, e no entanto, levantou-se um grande temporal. Estavam fazendo a vontade do senhor, estavam com o senhor e houve tempestade.

Nem sempre as tempestades significam que estamos fora da vontade do Senhor Nunca pense que a desobediência deliberada ao senhor pode impedir ao retorno ao centro da vontade de Deus.

A nossa desobediência não surpreende ao Senhor.

A sua graça nos alcança até o mais profundo abismo.

Pr. Josué Gonçalves

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz