terça-feira, 10 de março de 2015

CRER OU NÃO CRER? EIS A QUESTÃO

Não é porque hoje alguém joga de acordo com as regras de Deus que vai jogar para sempre assim. O risco de trocar as regras de Deus por outras regras, existe para todos.

Que o diga o povo de Judá, da época de Isaías. Esse povo se viu diante da questão: Crer ou não crer em Deus? Optaram por não crer mais nele. E pior do que deixar de crer, foi crer que a vida seria melhor sem crer.

Mas Deus não deixou de alertar o povo. Ele frisou que a vida do seu povo não seria, como muitos diziam, melhor, mas, sim, pior, muito pior "porque a cama será tão curta, que ninguém se poderá estender nela; e o cobertor, tão estreito, que ninguém se poderá cobrir com ele (Is. 28:20). Essas duas imagens usadas por Deus foram claras e fortes para o povo da época.

Quem vivia numa região de clima quente e terra árida como aquela, sabia o quanto a vida no campo era difícil. Quem vinha do campo para casa, vinha com o corpo moído. O que um corpo assim menos queria era uma cama curta para se deitar. Quem se deita numa cama curta, sabe que vai acordar com o corpo todo doido. Não há alivio para quem passa a noite numa carma curta.

ESSA É A PRIMEIRA LIÇÃO DE DEUS: NÃO HÁ ALÍVIO PARA QUEM DEIXA DE CRER NELE. Fomos criados por Deus e para Deus. A nossa alma só acha alívio quando se acha nele. Assim como a criança que acabou de mamar fica quieta nos braços da mãe, a alma que se enche de Deus até a tampa alcança alívio (Sl 131:2).

Coisa não alivia. Crack não alivia. Mulher não alivia. Álcool não alivia. Rave não alivia. Compra não alivia. Viagem não alivia. Sexo não alivia. Só há alivio em Deus.

Quem se deita, mesmo que numa cama curta, quer ter algo para se cobrir. Mas o que tem não dá para cobrir o corpo todo. Se cobre as pernas, os braços ficam descobertos. Se cobre os braços, as pernas ficam descobertas. O cobertor é estreito.

ESSA É A SEGUNDA LIÇÃO DE DEUS: NÃO HÁ ABRIGO PARA QUEM DEIXA DE CRER NELE.
E sem o abrigo de Deus, não tem como viver contente em toda e qualquer situação. Não tem como aguentar a tentação, o tentador, a solidão, a saudade, o imprevisto, a tristeza, o estresse, a depressão, a demora, a opressão, o desamor, a decepção, o fracasso.

Mas não é assim com quem se abriga em Deus: "A pessoa que se abriga na sombra protetora do Todo-Poderoso pode dizer a ele: “Ó SENHOR Deus, tu és o meu defensor e o meu protetor" (Sl 91;1-2, NTLH).

Talvez você pensou que a sua vida seria melhor sem crer em Deus. Mas olha só como está a sua alma agora. Está sem alívio e sem abrigo.

Saia da sua cama curta. Deixe o seu cobertor estreito. Volte a jogar de acordo com as regras de Deus.

Venha, ainda hoje, para Deus, Ele não vai impor a você nada que seja muito pesado e complicado. As regras dele não são pesadas. Viva com e para ele, e você vai ver de novo o que é viver aliviado e seguro.

Genilson Soares da Silva

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz