quinta-feira, 23 de abril de 2015

OVELHA FORA DO APRISCO

Se algum de vocês se desviar da verdade… (Tg 5.19)

Parece que há diferença entre o desviado e o desertor. O caso do desertor é muito mais sério. Ele faz mais do que desviar-se: ele abandona resolutamente o evangelho.

O crente desviado é também chamado de crente afastado, crente extraviado, crente distante do evangelho.

Em algum lugar, em algum tempo e em alguma denominação cristã, pode haver mais crentes desviados do que crentes firmes.

O crente desviado é aquele que se desvia da verdade de Deus, da fé, do bom caminho, do primeiro amor, do compromisso assumido no batismo.

É aquele que se desprende do grupo, que se transfere do caminho estreito para o caminho largo.

Todavia, isso não significa obrigatoriamente que seu nome nunca foi escrito no Livro da Vida. Não se pode afirmar prematuramente que o crente desviado nunca tenha se convertido.

Tiago está responsabilizando os não desviados a trabalhar com os desviados. O propósito é trazer de volta o irmão no momento afastado da comunhão por algum motivo, há pouco ou há muito tempo.

Os irmãos que permanecem firmes na fé têm de usar “laços de amor e carinho” (Os 11.4) para reconduzir as ovelhas ao rebanho.

Nesse ministério de reconciliação, a oração intercessória é o melhor instrumento.

Assim como o bom pastor procura saber quantas ovelhas não estão no aprisco e vai atrás delas até Zachá-las e reconduzi-las ao rebanho, assim também devem fazer os pastores de almas e os crentes da comunidade em favor daqueles irmãos que foram salvos pelo precioso sangue de Cristo.

Naturalmente, Tiago não está se referindo àquelas pessoas que conheceram o caminho, experimentaram o gosto da salvação e, depois, abandonaram tudo, voltando à estaca zero ou ao seu próprio vômito ou à lama, como é dito na Epístola aos Hebreus (6.4-8) e na Segunda Carta de Pedro (2.20-23).

— Asafe quase perdeu a confiança em Deus, mas conseguiu recuperá-la!

Retirado de Refeições Diárias com os Discípulos. Editora Ultimato.


Por Litrazini

Graça e Paz