terça-feira, 5 de maio de 2015

LAVANDO A ALMA

Cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa. (Hebreus 10:22)

Geralmente quando ouvimos essa expressão de alguém, é porque essa pessoa que foi vitima de algum fato que lhe causou transtorno, conseqüentemente esta, teve a sua vingança realizada, ou seja, esta pessoa conseguiu fazer com que aquele que lhe prejudicou de alguma forma pagasse na mesma moeda, ou pior. Mesmo que, não sendo o próprio a vingar-se, contudo, o que importa é que, quem o feriu foi penalizado também.

Apensar de muitos de nós já ter tido esta satisfação por algum motivo, até mesmo relativo a alguma brincadeira, vale atentar que, este pensamento de retribuir conforme o mal que nos fizeram é muito insano. Pois, os sábios descansam seu coração nas mãos do Senhor. Ó Senhor Deus, a quem a vingança pertence, ó Deus, a quem a vingança pertence, mostra-te resplandecente (Salmos 94:1).

Se houver em nós um pouco de discernimento e temor a Deus, iremos entender que, nada escapa da visão de Deus, e, Ele não retribui apenas pelo ato praticado, primordialmente, Ele contempla a motivação daquele gesto para sentenciar a justiça, melhor dizendo, Ele, examina o coração e o que levou a fazer determinada coisa. Deus é sábio, a sua sapiência ultrapassa de uma só vez toda a inteligência humana reunida.

Podemos mesclar, e, querer ludibriar as pessoas com palavras persuasivas, com gesto amoroso. Só que, não atentamos que, essa pessoa a qual estamos tentando agradar, pode até ter recursos a nos oferecer na terra. Porém, a Deus, pertence à Vida. Por mais bens que um ser humano possua tudo é perecível. Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará (Salmos 39:6).

Até mesmo a sua inteligência vai haver um dia que ficará estagnado. Até, se usurparmos do seu Sonho/conhecimento, que é a maior riqueza que alguém pode ter, e, conseguirmos realizar grandes coisas, haverá um dia que alguém irá sobressair aos nossos feitos. Porque há homem cujo trabalho é feito com sabedoria, conhecimento, e destreza; contudo deixará o seu trabalho como porção de quem nele não trabalhou; também isto é vaidade e grande mal (Eclesiastes 2:21).

Se agirmos conforme a nossa vontade, seremos mais néscio do que a pessoa que nos ofendeu e/ou prejudicou, Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus (Tiago 1:20), logo, se somos de Deus, precisamos ser sábios, pois nossa mente tem que ser, de filhos da sua promessa. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo (1 Coríntios 2:16).

Quem realmente consegue lavar a alma é aquele que confia no agir de Deus, que espera por sua justa justiça, este, certamente não será apenas vingando, mais, recompensado e coroado. Pois Deus nos dá além do que pedimos ou pensamos. Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera (Efésios 3:20), A Deus pertence todas as coisas, Nele está o domínio sobre tudo que pode existir, Com ele estão domínio e temor; ele faz paz nas suas alturas (Jó 25:2).

Sendo nós, justificados por Deus, quem conseguira nos condenar? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica (Romanos 8:33). É Deus quem possui autoridade para julgar qualquer ato, seja ele praticado por quem quer que seja, O que justifica o ímpio, e o que condena o justo, tanto um como o outro são abomináveis ao Senhor (Provérbios 17:15).

Seja uma pessoa justificada por Deus, Ele conhece a intenção do teu coração, que as tuas palavras sejam o que está firmado em teu caráter e o teu caráter seja igual o de Cristo.. Que vivamo-nos, sob aquilo que pronunciamos, Porque por tuas palavras serás justificado, e por tuas palavras serás condenado (Mateus 12:37).

Hoje, é o momento de deixarmos que seja feita em nós, à verdadeira lavagem da alma, tirar o obsoleto, o impuro, a vingança, banir das nossas vidas a inveja, as murmurações, a leviandade, permitir que sejamos-nos purificados da nossa má consciência, permitir que sejamos lavados pela água do trono de Deus. E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro (Apocalipse 22:1), fazer uma limpeza súbita no profundo do nosso ser, deixar ser exterminada de nós a velha natureza, delegar a Jesus os direitos de nos defender das acusações malignas de mentes perturbadas pelo o mal.

O agir de Deus superabunda o nosso entender, está além da nossa misera inteligência, ultrapassa nossos melhores desejos. Também a tua justiça, ó Deus, está muito alta, pois fizeste grandes coisas. Ó Deus, quem é semelhante a ti? (Salmos 71:19)

Dê liberdade para o Espírito de Deus lavar o teu interior neste instante, ceda espaço para que o sangue de Jesus percorra todo o teu ser, eliminando tudo que não condiz com a vontade Dele. Só então, viverás verdadeiramente com a alma lavada.

Pra Elza Carvalho

Por Litrazini

Graça e Paz