quinta-feira, 18 de junho de 2015

QUANDO A TRIBULAÇÃO VAI ALÉM DE SUAS FORÇAS!


Quando sua força acaba… Começa a força de Deus!

“Porque, assim como o sofrimentos de Cristo se manifestam em grande medida a nosso favor, assim também a nossa consolação transborda por meio de Cristo.” – II Co 1.5

Logo no começo do livro de II Coríntios (1.3:11), Paulo relata ao povo de Corinto as suas experiências na fé, momentos de grande tribulação a ponto de ele chegar a dizer o seguinte:
“… porquanto foi acima das nossas forças, a ponto de desesperarmos até da própria vida.” – II Co 1:8

Veja que tamanha aflição Paulo enfrentou. A maior tribulação não é a exterior, mas sim a que enfrentamos dentro de nós. Paulo era homem de Deus, considerado por muitos o principal dos apóstolos, mas mesmo ele sendo esse grande exemplo e referência na fé, ele próprio disse que a luta a qual enfrentava estava acima, além de suas forças, a ponto de quase se desesperar, ou seja, desistir, parar, retroceder.

Mas o que fazer quando chegamos a este ponto?

Quando nossas forças chegam ao fim, então começa a força de Deus! Esta é a função do Espírito Santo, dar a condição e a capacidade para enfrentarmos e superarmos o que com apenas as nossas forças não conseguiríamos vencer jamais. Se você chegou a este ponto assim como Paulo, então está na hora de Deus lutar por você! Não se preocupe, você tem seus limites, mas seu Deus é ilimitado.

Outro ponto fundamental que deve-se observar neste texto é o seguinte: “Contudo, já em nós mesmos, tivemos a sentença de morte, para que não confiemos em nós, e sim no Deus que ressuscita os mortos; o qual nos livrou e te livrará de tão grande morte.”  II Co 1.9:10

Apesar de tudo o que aconteceu, ele tinha certeza que tudo aquilo era para que ele aprendesse a confiar em Deus e não em si mesmo, ser dependente dEle.

“Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da sua vida, imitai a fé que tiveram.” – Hb 13.

Leandro Souza

Por Litrazini

Graça e Paz