quinta-feira, 27 de outubro de 2016

O SENHORIO DE JESUS CRISTO

Todos se extraviaram, e juntamente se fizeram inúteis.Não há quem faça o bem, não há nem um só. (Rm 3:12). A morte de Jesus é uma parte do evangelho, mas existe mais. Depois da queda, a natureza do homem ficou estragada, podre

Evangelho pregado hoje - aceite Jesus ... ;  Evangelho do Reino - Jesus, me aceite...
Muitas das pregações dos apóstolos falam da morte Jesus. Mas todas falam da ressurreição. Ela aponta, mostra que Jesus é o MESSIAS, o REI, que veio para ser o Senhor e Dono. Rm 14:9 At 2:38

- Arrepender (metanóia no original grego) significa mudança de rumo, mudança de atitude interior. Deixo de ser independente. Passo a ser dependente de Deus.

Mensagem de Jesus para os apóstolos: SEGUE-ME! Mc 8:34,35; Lc 14:33
Arrepender não é abandonar alguns pecados. É morrer para a minha vontade para fazer (e não para falar) a vontade do Pai.

O Evangelho do Reino não foi estabelecido para a salvar o homem, mas para agradar a Deus e colocar Jesus como Rei.

A mensagem JESUS É O SENHOR é muito pregada e cantada na igreja hoje, mas não tem muito significado, ou é apenas um desejo, um alvo a ser atingido algum dia.  Quando uma pessoa é salva, ela entra para o reino de Deus e está debaixo do governo de Jesus Cristo. Ela é salva da sua independência para ser dependente de Jesus.

O senhorio de Jesus não é uma opção para ser salvo, é uma condição. - Mt 16:24 - “Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me”.

Não podemos prometer a vida eterna para alguém que não foi tocado no seu ego (no seu eu) e continua independente de Jesus.  Mc 10:17-22 - “Ora, ao sair para se pôr a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele e lhe perguntou: Bom Mestre, que hei de fazer para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? ninguém é bom, senão um que é Deus. Sabes os mandamentos: Não matarás; não adulterarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; a ninguém defraudarás; honra a teu pai e a tua mãe. Ele, porém, lhe replicou: Mestre, tudo isso tenho guardado desde a minha juventude. E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Uma coisa te falta; vai vende tudo quanto tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, segue-me. Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitos bens”. Era dono , possuía ... O Deus dele eram suas posses. Seu coração estava nelas.

Lc 19:1-10 - “Tendo Jesus entrado em Jericó, ia atravessando a cidade. Havia ali um homem chamado Zaqueu, o qual era chefe de publicanos e era rico. Este procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão… Disse-lhe Jesus: Hoje veio a salvação a esta casa, porquanto também este é filho de Abraão. Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido”.

Era rico, proeminente. Subiu numa árvore para ver. Jesus manda e ele obedece sem questionar nada. Recebeu Jesus com alegria. Ele se despojou de seus bens sem que Jesus tocasse no assunto. Entendeu o que era ter Jesus como Senhor. Deixou de ser independente.

A renúncia é uma condição para se converter. (Ex.: A porta estreita - não existe a porta media) Nem Jesus nem os apóstolos usavam aquela famosa frase : “Quem quer aceitar Jesus como seu salvador ?” e sim: “Negue-se a si mesmo. Renuncie a tudo, inclusive a você”. Eles pregavam uma submissão incondicional a Jesus.. Texto fora do contexto é pretexto

Transcrito Por Litrazini

Graça e Paz