terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Desmascarando o engano das Seitas


As Seitas estão em todos os lugares. Algumas são populares e amplamente aceitas. Outras são isolacionistas e procuram se esconder, para evitar um exame de suas ações. Elas estão crescendo e florescendo a cada dia.

Algumas seitas causam grande sofrimento aos seus seguidores, enquanto outras até parecem muito úteis e benéficas. Nos últimos tempos tem surgindo novas seitas religiosas e filosóficas responsáveis pelos mais absurdos ensinamentos com relação ao final dos tempos. Essas ideias confusas estão sendo despejadas em cabeças incautas, acabando muitas vezes em tragédias de grandes proporções.

Como as pessoas são mantidas na seita?

Dependência:
1. As pessoas querem frequentemente ficar porque a seita vai de encontro às suas necessidades psicológicas, intelectuais e espirituais.

B. Isolamento:
2. O contato com pessoas de fora do grupo é reduzido e cada vez mais a vida do membro é construída ao redor da seita.

3. Fica muito mais fácil então controlar e moldar o membro.

C. Reconstrução cognitiva (Lavagem cerebral):
4. Uma vez que a pessoa é doutrinada, os processos de pensamento deles/delas são reconstruídos para serem consistentes com a seita e ser submisso a seus líderes.

5. Isto facilita o controle pelo(s) líder(es) da seita. 

D. Substituição:
6. A Seita e os líderes ocupam frequentemente o lugar de pai, mãe, pastor, professor etc.

7. Frequentemente o membro assume as características de uma criança dependente, que busca ganhar a aprovação do líder ou do grupo.

E. Obrigação
8. O membro fica endividado emocionalmente com o grupo, às vezes financeiramente, etc.

F. Culpabilidade
2. É dito para a pessoa que sair da seita é trair o líder, Deus, o grupo, etc.
3. É dito também que deixar o grupo é rejeitar o amor e a ajuda que o grupo deu.

G. Ameaça:
1. Ameaça de destruição por "Deus" por desviar-se da verdade.
2. Às vezes ameaça física é usada, entretanto não frequentemente.
3. Ameaça de perder o apocalipse, ou ser julgado no dia do julgamento, etc.
 
De onde elas vieram?
Entre muitas razões para o surgimento de seitas falsas no mundo, hoje, destacam-se as seguintes:
1) A ação diabólica no mundo (II Co 4:4);
2) A ação diabólica contra a igreja (Mt 13:25);
3) A ação diabólica contra a Palavra de Deus (Mt 13:19);
4) O descuido da Igreja em pregar o Evangelho completo (Mt 13:25);
5) A falsa hermenêutica (II Pe 3:16);
6) A falta de conhecimento da verdade bíblica (I Tm 2:4);
7) A falta de maturidade espiritual (Ef 4:14).

Transcrito Por Litrazini:

Graça e Paz



Um comentário:

  1. A forma como abordou este tema foi muito boa e bem conseguida, é certo que sempre ouve seitas e vai continuar a haver, no entanto cabe ao dirigente religioso alertar e ensinar a diferença entre seita e doutrina, hoje para não parecer mal ou para se ter muita gente na igreja pouco se fala nisso, e muito menos em santificação.Os crentes em Cristo se não estiverem preparados para se defenderem das seitas vão acabar por aceita-las, gostei do texto e desejo que o meu irmão continue a alertar o povo para os males que se aproximam.
    Tenho um blog que gostava que conhecesse.O Peregrino E Servo.
    PS. Se desejar fazer parte dos meus amigos virtuais faça-o de forma a que eu possa encontrar o seu blog para o seguir também.
    Que haja paz e saúde no seu lar.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir