sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

CRISTIANISMO QUE GERA TRANSFORMAÇÃO

Nos últimos anos tem havido uma explosão de conversões, os templos estão abarrotados, porém somente continuam assim se a palavra ministrada agradar aos ouvintes.

A maioria dos cristãos atuais não querem compromissos com a obra e com o Reino de Deus, estão mais preocupados em participar de um culto aos domingos, cumprir a obrigação religiosa – agora é moda – mas na segunda feira voltam a ser camaleões; se possível passam por cima de muitos para tirar proveito próprio.

Uma das formas que podem gerar transformação na vida das pessoas, claro além da oração, seria um empenho maior na divulgação da mensagem do Reino de Deus, não apenas com palavras, mas, com atos e comportamentos.

Precisamos mostrar um testemunho de vida que faça a diferença. Que os problemas existem sim e, estão a cada dia mais presente em nossas vidas, todavia, a maneira que reagimos a estes problemas deve mostrar o mover de Deus em nós.

A dependência real do Senhor nas pequenas coisas vai comprovar o poder de ação do Espírito Santo em nossas vidas.

A atualidade nos mostra, em grande parte, que poucos perseveram em continuar nos caminhos do Senhor.

Estamos vivendo um tempo em que a semeadura está sendo feita em solo rochoso: por não ter raiz em si mesmo a mensagem é abandonada; ou à beira do caminho: por falta de entendimento da palavra do reino, a semente é roubada pelo maligno.

Clamemos ao Senhor da seara que mude esta realidade, os sinais demonstram que a vinda do Senhor está muito próxima, sem contar que, muitas pessoas morrem todos os dias sem conhecer o Senhor da vida.

Se cada um de nós fizer a sua parte e obrigação, com certeza estaremos cumprindo a ordenança de Cristo do IDE, além do fato de ao nos apresentarmos na presença do Senhor para prestação de contas dos nossos atos, não termos contra nós o peso da omissão.

Seja mais um soldado de Cristo, divulgue a sua Palavra, o seu Evangelho com amor e sabedoria.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário