domingo, 4 de julho de 2021

POR QUE O SEGUNDO LADRÃO RECEBEU SALVAÇÃO

E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso. (Lc. 3.42,43)

ELE RECONHECEU QUE ERA JUSTA A SUA CONDENAÇÃO. Foi isso que ele argumentou para com o outro homem. “...Nós estamos aqui porque merecemos...”, (Lc 23.41) Ele agiu com humildade. Quem age com humildade diante de Deus, recebe esperança.

MUDOU DE ATITUDE COM RELAÇÃO A JESUS ao observar a atitude dele e não a situação ou as pessoas ao redor. Não há relatos de que Jesus tenha conversado com ele. Ele apenas observou a atitude de Jesus. Ele ouviu aquela primeira palavra de perdão de Jesus e se converteu. Reconheceu a inocência e a pureza de Jesus Cristo.

O argumento do criminoso arrependido era a inocência de Jesus. Isso é o que precisamos fazer para receber a salvação de Jesus.

Aceitar o que é um inocente morrendo pelos culpados. Aquela cruz deveria ser de todos nós, menos de Jesus. É por isso que aquele sacrifício foi tão eficaz.

Ele colocou a sua esperança em um Reino que estava por vir; não em um reino material que todos esperavam.

É impressionante ver que aquele criminoso entendeu algo que muitos dos discípulos de Jesus ainda não haviam entendido:

Que o Reino de Deus não era secular, mas espiritual.

É claro que ele não esperava que Jesus iria sobreviver à crucificação e ainda levá-lo com ele para o seu reino.

Ele tinha percebido que o Reino de Jesus era sobrenatural.

Hoje muitas pessoas estão buscando nas igrejas um reino material muito mais do que espiritual.

Não havia mais esperança para ele. Já estava condenado e sendo executado “quem crer em Jesus ainda que esteja morto viverá”

A esperança chama-se Jesus Cristo de Nazaré; está viva e não está condicionada a nada

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário