quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O QUE MAIS AINDA QUEREMOS?

Milhões de pessoas vivem aprisionadas pelo pecado por não ter a noção da real situação das suas vidas, se, muitos soubessem o que lhes esperam, certamente, se voltaria se lançaria diante da face do Senhor.

Se muitos entendessem o quanto estão aprofundados a condenação, ofereceriam sacríficos de lamentos em pó e cinzas, rasgariam suas entranhas em quebrantamento para que o Senhor olhasse para eles.

Se entendessem o quanto estão escravizados e atados pelas correntes do mal, chorariam noites e dias clamando pelo Deus vivo. E disse-lhe Jesus: Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem sejam cegos. João 9:39, rasgariam suas vestes e com choro e suplicas adoraria ao Senhor, levantaria suas vozes como grito de guerra ao Único digno de honra.

Quantas pessoas vivem de um lado para o outro procurando um fio para segurar porque não conhece o verdadeiro porto seguro? Quantos intentam contra suas próprias vidas, porque não enxerga um Flesch de esperança a sua frente? Quantos andam titubeados pela margem dos espinhos porque não sabe o caminho correto? Quantos vivem manipulados por satanás por não conhecer o verdadeiro Deus?

Quantos acendem uma vela para tentar clarear os que se foram, por não saber que o único que é digno de ser adorado é um fogo consumidor que já iluminou com sua presença aquele que está com Ele? Porque o nosso Deus é um fogo consumidor. Hebreus 12:29

Muitos vivem a oferecer um culto vão, por não ter ainda encontrado com o Todo Poderoso, o que era o que é, e o que há de vir, Aquele que venceu o mundo, venceu o pecado e venceu a morte, para dar a vida aqueles que a Ele se achegar, quantos morrem por não saber disto!


Quantos buscam agua benta por que ainda não bebeu na fonte de vida eterna? Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna. João 4:14. Quantos vivem oferecendo manjares nos escuros porque nunca comeu do pai da vida? Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo. João 6:33

Quantos são sucumbidos pelas riquezas deste mundo por não saber que existe uma cidade cujas ruas são de ouro onde será a morada daquele que vencer? E a construção do seu muro era de jaspe, e a cidade de ouro puro, semelhante a vidro puro. Apocalipse 21:18

Quantos ainda estão atolados na lama esperando que alguém lhe estenda as mãos? Quantos?


Enquanto nos que sabemos e conhecemos as respostas para todas essas perguntas desperdiçamos nosso tempo com coisas inúteis e furteis, vivemos ensaiando discursões alheias, que não nos leva a lugar algum, para apresentar aonde eu não sei, porque nos Céus só entrarão adoradores, lavados e remidos pelo sangue de Cristo, só achegarão diante de Deus os que estiverem aptos para o adorar.


Enquanto muitos que apesar de possuir visão continuam cambaleando no seu obsoleto, nós que um dia vimos à luz brilhar, insistimos em continuar as escuras porque as coisas das trevas ainda tem mais vazão em nossas vidas do que a luz.

Quantas pessoas até melhores e com menos erros que nós, pessoas com vastos conhecimentos na literatura e na ciência, não conhecem este Deus tão magnifico que por sua infinita misericórdias revelou-se a nós? Respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e entendidos, e as revelaste aos pequeninos. Mateus 11:25. No entanto, ainda queremos barganhar com Deus, achando-nos que somos alguma coisa.

Ao invés de sermos gratos ao seu benevolente favor para com cada um de nós, pelo sacrifício de Jesus, pelo amor manifesto no Getsêmani. Somos tão ingratos que elevamos os 09 leprosos, nunca  paramos para agradecer no profundo do nosso ser, por este amor magnifico, por esse fogo que soprou-se em nós acendendo a chama da fé, e, que como labaredas nos manda viver.

Tratamos como se os feitos de Deus fosse uma obrigação para com as nossas vidas, deveríamos sim, rasgar nossos corações em gratidão por tamanha bondade, deixarmos de viver aleatoriamente fazendo de contas que se é crente, o tempo vai passando e muito como pingo vai ficando, cuidado! Estes pingos podem virar enxurrada para o inverno.

Muitos estão indos aos templos com bíblia na mão, mais sem nunca ter tocado nas vestes de Jesus e nem ter visto sua face, Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. Marcos 5:27, sem nunca ter sentido a sua essência. Então Maria, tomando um arrátel de ungüento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do ungüento. João 12:3.

Quantos de nós ainda andamos cobertos pela capa do pecado, maquiados com retoques do inimigo, gastando mais tempo em discursos tolos, palavras vazias, querendo ser dono de Deus, enganando a si mesmo na mesquinhez de uma medíocre fé!

Ai de nós que um dia teremos que nos apresentar diante do seu trono, no tribunal da justiça Celestial, o que iremos arguir diante de Deus?! Pensem…


Pra Elza Carvalho

Por Litrazini
http://www.kairosministeriomissionario.com/


Graça e Paz