domingo, 2 de dezembro de 2018

AS MARCAS OU ATRIBUTOS DA IGREJA


A igreja de Jesus possui certas características que a doutrina cristã tem ensinado. São quatro: Ela é santa, apostólica, una e universal.

SANTIDADE: Santo não é aquilo que se diz por aí. Santo é aquele, ou aquilo, que pertence a Deus. Santo é propriedade de Deus. A igreja é, pois, um povo separado para o Serviço de Deus. Santidade não é uma virtude moralista, mas um relação certa e positiva de Deus.

É pela presença do Espírito Santo que a igreja se torna santa. Veja I Coríntios 1.2: “Á Igreja de Deus que está em  Corinto, aos santificados em Cristo Jesus,  chamados para ser  santos...”

Em Corinto havia uma igreja cheia de problemas e pecados, mas Paulo afirma que escreve aos irmãos chamados santos. Veja ainda Efésios 5.26,27 “Ele (Jesus) fez isso para santificar, purificando-a com a lavagem da água pela Palavra. A fim de apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, ou coisa semelhante, mas santa e irrepreensível”. Deus que a sua igreja santa, pura e preparada para encontrar-se com o Senhor Jesus.

APOSTÓLICA:  Os primeiros arautos (pregadores) da igreja foram os Apóstolos de Jesus Cristo. Por isso a igreja se chama apostólica. Os apóstolos anunciaram, e escreveram o Evangelho de Jesus Cristo, o Filho de Deus, crucificado e ressuscitado.

Alguns a tem entendido como igreja apostólica por se prender historicamente a uma sucessão histórica de oficiais ordenados. Nós, evangélicos, entendemos que a igreja é apostólica na medida em que é fiel aos ensinos e exemplos dos Apóstolos. A igreja continua a obra dos apóstolos, obedecendo as ordens do seu Senhor. Apóstolo quer dizer enviado e a igreja é apostólica quando é, efetivamente, enviada por Deus ao mundo.

Efésios 2.20 “Edificados sobre o fundamento dos  apóstolos e dos profetas, sendo o próprio Cristo Jesus a principal pedra angular.”

UNIDADE:  Esta unidade não significa uniformidade, isto é, uma forma única de ser para a igreja. A igreja é, inclusive, uma somatória de pessoas com dons, talentos, culturas, raças e línguas as mais variadas possíveis.

Mas esta diversidade ou variedade não pode desrespeitar o desejo de Cristo  em João 17.21. “Para que todos sejam um, como tu, Ó Pai, o és em mim, e eu  em Ti... (e o v.23) Eu neles, e Tu em mim, para que sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que Tu enviaste e que os amaste como também amaste a mim”.

Jesus quer uma igreja unidade, una. Paulo também descreve esta unidade espiritual em Corintios 12.12 ss. E essa foi a experiência da Igreja primitiva, de Atos dos Apóstolos 1.14; 2.1; 2.46; 4.24 e 32.

Esta Unidade é um Dom do Espírito Santo já concedido à igreja, independente das denominações criadas pelos homens.

CATOLICIDADE: A palavra católico quer dizer universal. E a igreja é universal porque o Evangelho está sendo anunciado em todo o mundo. Cristo, inclusive, afirmou que só voltaria quando este evangelho for pregado em todo o mundo. – Descubra você onde está este ensino (Mateus).

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz