sexta-feira, 6 de novembro de 2020

A AUTORIDADE DA BÍBLIA

O mais importante é o reconhecermos o valor da Bíblia enquanto Palavra de Deus. Para entender esta importante afirmação vamos estudar três palavras chaves:

A - REVELAÇÃO

”Revelação” é o ato pelo qual Deus mostra aos homens a Sua Pessoa, e a Sua Vontade. Deus se fez conhecido.

Salmo 19.1 “Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra de suas mãos.

Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho. A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. (Hb 1.1 2) Veja ainda Romanos 2.15;  João 1.1 a 14 e 18.

B - INSPIRAÇÃO

Esta palavra significa sopro, influência. Diz respeito à influência que o Espírito Santo teve orientando os escritores da Bíblia, a fim de que eles registrassem com fidelidade os atos e as palavras da Revelação de Deus.

II Timóteo 3.16 “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça.” 

Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. (2Pe,1.20,21) É o Espírito Santo que cooperou com os homens escolhidos por Deus para escreverem a Bíblia.

C - ILUMINAÇÃO

É o poder que o Espírito Santo exerce sobre os que ouvem o e leem as Escrituras Sagradas. Ele Capacita e esclarece o conteúdo da Bíblia. Salmo 119.18: ”Desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua lei.” Veja também ICoríntios 2.10 a 16.

Lidiomar. T. Granatti / Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário