sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

IMATURIDADE ESPIRITUAL

O escritor da epístola aos Hebreus fez um sério alerta quando escreveu: “... e vos haveis feito tais que necessitais de leite e não de sólido mantimento (Hb 5.12)”.

Aí está revelado o motivo de muitos cristãos estacionarem na fé, não podendo ingerir um alimento espiritual mais sólido por causa de sua negligência espiritual.

Estes cristãos não crescem espiritualmente devido a falta de compromisso com Deus, pois ainda não renunciaram ao tempo para dedicarem-se as coisas do alto (Col 3.2).

O cristão carnal ou imaturo ama as coisas do mundo achando que “não há nada de mal” em dedicar-se aos entretenimentos e diversões mundanas. Não entende porque estas coisas ofendem a Deus, por isso correm o risco de se destruírem espiritualmente.

Devido a sua imaturidade e falta de conhecimento das Escrituras, não sabem que os cristãos são apenas peregrinos nesta terra (Hb 11.13) e que os verdadeiros filhos de Deus devem “morrer” e “renunciar” ao mundo (Gl 6.14; 1João 2.15).

Os cristãos espirituais vivem pelo Espírito de Deus, por isso possuem grande discernimento espiritual. Sabem diferenciar o evangelho genuíno de falsas doutrinas humanas (Ef 4.14). Estes não são insensatos, pois entendem verdadeiramente qual a vontade de Deus.

O apóstolo Paulo advertiu: Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor” (Ef 5.17). Os cristãos espirituais oram constantemente e mantêm um relacionamento íntimo com Deus, por isso não são enganados pelo espírito do mundo, o espírito que opera nos “filhos da desobediência” (Ef 2.2).

Infelizmente, os que não levam a vida cristã a sério, correm o risco de serem deixados para trás quando Jesus voltar para buscar a Sua “igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” (Ef 5.27). Apenas irão subir com o Senhor os que realmente renunciaram a si mesmos, morreram para o mundo e tomaram sua cruz, assim como Jesus determinou (Mc 8.34).

“... porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”(Mt 7.14).

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário