quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

O PROBLEMA DO HOMEM COM DEUS

Gn 3:1-7 - “... Então, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, comeu, e deu a seu marido, e ele também comeu. Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; pelo que coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.” (Gn.3.1-7)

Adão tinha uma vida perfeita no Éden, até a natureza naquele tempo era mais bela, sem abrolhos nem espinhos. Ele tinha comunhão com Deus, que passeava no jardim na viração do dia.

Até aquele momento, Adão vivia numa relação de total dependência de Deus, necessitava da orientação de Deus para tudo, era dirigido por Deus e pela sua sabedoria.

Havia uma atitude interior de independência no coração do homem que foi expressa pela desobediência.

Foi assim que o pecado entrou no mundo. “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.” (Rm. 5.12)

Quando Adão pecou, sua natureza humana se degenerou. O pecado tornou-se parte de sua natureza e também herança de toda a raça humana, pois todos são descendentes de Adão.

Porque, assim como pela desobediência de um só homem muitos foram constituídos pecadores, assim também pela obediência de um muitos serão constituídos justos.” (Gn 5:1-2) Rm 5:19.

Todos são pecadores, pois todos vem de Adão, logo todos precisam de cura para esta doença chamada pecado. (egoísmo, rebeldia, independência)

O problema de Adão é o problema de toda a raça humana.

O maior problema do homem com Deus não é o que ele faz, mas o que ele é. É a sua atitude interior de Independência de Deus.

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário