terça-feira, 14 de setembro de 2021

DONS DO ESPÍRITO SANTO - PARTE II

Dons espirituais não são recompensa por nossa fidelidade especial na caminhada da fé,  são distribuídos por Deus de acordo como Ele acha correto

DONS DE EXPRESSÃO (falar)

LÍNGUAS – Expressão sobrenatural em línguas não conhecidas do falante. Estas línguas podem ser existente no mundo, reavivadas de alguma cultura passada ou desconhecidas no sentido de que são um meio de comunicação inspirada pelo Espírito Santo.

Serve como evidência e sinal da habitação e ação do Espírito Santo. Em Rm 8.26 diz que: "…não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inexprimíveis."

O dom de línguas só tem uma direção: o homem falando para Deus. Existem dois modos de manifestar-se: 

Para edificação pessoal: “Porque o que fala em língua não fala aos homens, mas a Deus; pois ninguém o entende; porque em espírito fala mistérios” - I Co 14.2.

Para edificação da Igreja, acompanhada de interpretação: “Se alguém falar em língua, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e cada um por sua vez, e haja um que interprete, Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com Deus”- I Co.14.27-28.

INTERPRETAÇÃO – Poder sobrenatural de revelar o significado das línguas. Funciona não como uma operação da mente humana, mas como a mente do Espírito.

Em I.Co.14.13 vemos: “Por isso, o que fala em língua, ore para que a possa interpretar”

Ex: pentecostes – cada um os ouvia em sua própria língua.

Línguas e interpretação são os dois únicos dons cuja manifestação não se encontra no Antigo Testamento e nem no ministério terrestre de Jesus.

PROFECIA - Expressão divinamente inspirada e ungida. Proclamação sobrenatural em língua desconhecida. Manifestação do Espírito de Deus; não do intelecto (1Co.12.7).

Pode ser possuída e operada por todos os que são cheios do Espírito Santo (1Co.14.31).

Traz a público as palavras do Espírito de Deus. Elas existem para edificar, exortar e consolar o povo de Deus (I Co 14.3).

A predição do futuro não é o conteúdo principal das profecias, é apenas um elemento ocasional.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz 

Nenhum comentário:

Postar um comentário