segunda-feira, 24 de maio de 2021

PACIÊNCIA COM AMOR

Longanimidade é a tolerância que suporta as injúrias e as ações malignas do outro sem permitir-se a ira ou a ânsia de vingança, é a paciência com amor.

Jesus, como homem, nos deixou exemplo de longanimidade quando lava os pés dos discípulos: Jo.13.3 a 5.

Se exercitarmos a longanimidade nas pequenas frustrações e nas pequenas irritações diárias, estaremos preparados para resistir grandes batalhas.

“Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade” ( Pv 16.32)

“Naquelas horas em que sangue ameaça ferver, lembremo-nos também que a pessoa raivosa suscita contendas, mas o longânimo, por ser sábio, apazigua a luta”: (Pv.15.18)

Sem o Espírito Santo, nossas obras são: as inimizades, as brigas, as ciumeiras, os acessos de raiva, a ambição egoísta, a desunião, as divisões, as invejas (...) e outras coisas parecidas com essas (Gl. 5.19,20).

“Longânime" é "que tem grandeza de ânimo; bondoso; corajoso; magnânimo; generoso; sofredor, resistente, tenaz, resoluto, paciente, constante, perseverante, não vingativo".

A longanimidade é um misto de paciência e piedade, características em extinção nos dias atuais. A irritação, a aspereza, a rispidez têm tomado conta dos membros de nossa sociedade

Não devemos ser modelos de hipocrisia, mas de verdade, não devemos ser modelos de impaciência, mas de paciência: “Mas, por esta mesma razão, me foi concedida misericórdia, para que, em mim, o principal, evidenciasse Jesus Cristo a sua completa longanimidade, e servisse eu de modelo a quantos hão de crer nele para a vida eterna”: (1Tm. 1.16).

O oposto de longanimidade é: impaciência, inquietude, enfado, caseira, mau gênio, mau humor, irritabilidade, impetuosidade, desassossego e vingança.

Já as distorções são: Indulgência, condescendência, transigência e permisividade.

Transcrito Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário