quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

ENTRANDO NO DESERTO

 Mas quando Elias está no auge de sua crise, o Senhor lhe pergunta: O que é que você está fazendo aqui, Elias? Em outras palavras podemos dizer que o Senhor lhe falava que ele estava fora de seu lugar, que aquela atitude não combinava com o plano de Deus para a vida dele.

E embora Elias tenha ouvido a voz de Deus, ele ainda não estava suficientemente próximo dela a ponto de permitir que ela encobrisse a voz do desânimo em sua vida.

Ele ouve Deus o chamando e questionando porque estava ali, mas sua resposta está carregada de desânimo, o que revela qual voz falava mais alto em seu coração naquele momento:

“Respondeu ele: Tenho sido muito zeloso pelo Senhor Deus dos Exércitos; porque os filhos de Israel deixaram o teu pacto, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada; e eu, somente eu, fiquei, e buscam a minha vida para ma tirarem.” I Reis 19:10

Deus, contudo, não fala mais nada com Elias na caverna, a não ser chamá-lo para fora.

Há uma figura espiritual aqui. Deus não vai jogar nosso jogo emocional. Não adianta ouvirmos sua voz na caverna e ficarmos nos defendendo e consumindo em autocomiseração.

Deus espera de nós uma atitude neste momento, e Ele deixa bem claro qual é o passo necessário quando chama o profeta para fora: “Ao que lhe disse Deus: Vem cá fora, e põe-te no monte perante o Senhor” (I Re.19:11a).

Deus não nos chamou para viver no vale, deprimidos e entristecidos, mas sim para vivermos no monte, nos lugares altos.

Habacuque declarou que Deus faz nossos pés como os da corça, nos faz andar em nossos lugares altos (Hb.3:19).

Não podemos nos entregar às circunstâncias e deixar que elas nos desanimem. Somos chamados a viver acima delas!

Era isto que Deus estava falando a Elias: “Pare de choramingar e rastejar. Eu reconheço sua dor, estive ao seu lado até agora. Mas chegou a hora de levantar a cabeça. Saia deste buraco e venha para o monte, para os lugares altos que eu tenho para você”.

Por Litrazini

http://www.kairosministeriomissionario.com/

Graça e Paz

Nenhum comentário:

Postar um comentário