sexta-feira, 31 de julho de 2020

PASTOR USA EVIDÊNCIAS HISTÓRICAS PARA COMPROVAR A VERACIDADE DA BÍBLIA


Diante da incredulidade da sociedade em relação aos fatos apontados pela Bíblia Sagrada, o pastor e jornalista Michelson Borges disse que, em algumas ocasiões, argumentos extra bíblicos são utilizados para comprovar sua autenticidade.

“Devido ao ceticismo da sociedade pós-iluminista, às vezes, temos que fazer uso de argumentação extra bíblica para dar às pessoas pelo menos o benefício da dúvida”, disse ele durante o Encontro Nacional de Universitários.

Para atestar a veracidade da Palavra de Deus, Borges apresentou inúmeras evidências históricas sobre a criação do universo, a queda do homem, o dilúvio, a Torre de Babel, o êxodo, Sodoma e Gomorra e os milagres de Jesus.

“O relato da queda pelo engano da serpente é sugerido também em outras culturas não bíblicas”, disse ele, citando o selo mesopotâmico do terceiro milênio a.C. “Resquícios dessa história são encontrados em relatos de outras culturas”.

Já o dilúvio foi registrado por mais de 200 culturas espalhadas pelo mundo, de acordo com Borges, conforme registros de Gilgamesh e Platão em Timeu. “Os detalhes vão sendo alterados, mas sempre coincidem — todos dizem que a água inundou a Terra, um barco grande promoveu um escape e uma família foi preservada para manter a raça humana”, conta o pastor.

Os zigurates encontrados na antiga cidade de Ur, localizada hoje no Iraque, atestam que o povo de Babel construiu torres com propósitos religiosos, observa Borges, falando sobre as evidências da Torre de Babel. “Além disso, estudos linguísticos têm demonstrado que os idiomas remontam a um tronco comum, à medida que nós recuamos no tempo”, explica.

O êxodo é confirmado através de estudos que indicam a existência de escravos hebreus no Egito, conforme atestam as pinturas das pirâmides de Beni Hasam. Já as pragas do Egito foram descritas no papiro do sacerdote egípcio Ipuwer, descrito a seguir:

“Os estrangeiros [hebreus] vieram para o Egito. Eles têm crescido, estão por toda a parte. O Nilo se tornou sangue. As casas e as plantações estão em chamas. A casa real perdeu todos os seus escravos. Os mortos estão sendo sepultados pelo rio. Os pobres [escravos hebreus] estão se tornando donos de tudo. Os filhos dos nobres estão morrendo inesperadamente. O nosso ouro está no pescoço dos escravos. O povo do Oásis [terra de Gósen] está indo embora e levando as provisões para o seu festival”, conforme texto traduzido pelo arqueólogo brasileiro Rodrigo Silva no livro “Escavando a Verdade”, p.99.

Borges observa que há uma predisposição para a descrença em relação à Bíblia. “A história de Cristo começou a ser registrada entre 40 e 60 anos depois de sua ressurreição. Havia muitas testemunhas oculares vivas ainda e, mesmo assim, há quem duvide que Jesus tenha existido.

A história de Alexandre, o Grande começou a ser escrita de 300 a 400 anos depois dos eventos registrados, e ninguém duvida”.

O pastor observa que ninguém morreria por uma mentira inventada, mas os cristãos foram martirizados por causa do Evangelho. “Os cristãos só perderam do ponto de vista humano por causa dessa história, porque eles sabiam que Cristo era real”, disse Borges.

Luana Novaes

Por Litrazini
Graça e Paz

quinta-feira, 30 de julho de 2020

O QUE É AO QUE É A APOLOGÉTICA CRISTÃ? APOLOGÉTICA CRISTÃ?


A palavra "apologia" vem de uma palavra grega que significa "dar uma defesa". Apologética Cristã, então, é a ciência de dar uma defesa da fé Cristã.

Há muitos céticos que duvidam da existência de Deus e/ou atacam a crença no Deus da Bíblia. Há muitos críticos que atacam a inspiração e inerrância da Bíblia. Há muitos falsos professores que promovem doutrinas falsas e negam as verdades básicas da fé Cristã.

A missão da apologética Cristã é combater esses movimentos e promover o Deus Cristão e a verdade Cristã

O versículo chave para a apologética Cristã é provavelmente 1 Pedro 3:15-16: "antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor..."

Não há nenhuma desculpa para um Cristão ser completamente incapaz de defender sua fé. Todo Cristão deve ser capaz de pelo menos dar uma apresentação razoável de sua fé em Cristo. Não, nem todo Cristão precisa ser um especialista em apologética. Todo Cristão, no entanto, deve saber o que acredita, por que acredita, como compartilhar sua fé com outras pessoas, e como defendê-la contra mentiras e ataques.

Um segundo aspecto de apologética Cristã que é ignorado com frequência é a primeira parte de 1 Pedro 3:16: "fazendo-o, todavia, com mansidão e temor..." Defender a fé Cristã com apologética nunca deve envolver ser rude, furioso ou desrespeitoso.

Enquando praticando apologética Cristã, devemos tentar ser fortes em nossa defesa e ao mesmo tempo imitar a humildade de Cristo em nossa apresentação. Se ao ganharmos um debate levamos uma pessoa ainda mais longe de Cristo pela nossa atitude, perdemos o verdadeiro propósito da apologética Cristã.

HÁ DOIS ASPECTOS / MÉTODOS BÁSICOS DE APOLOGÉTICA CRISTÃ. O primeiro, conhecido como apologética clássica, envolve compartilhar provas e evidências de que a mensagem Cristã é verdade. O segundo, conhecido como apologética presuposicional, envolve confrontar as pressuposições (idéias pré-concebidas, suposições) por trás das posições anti-Cristãs. Proponentes dos dois métodos de apologética Cristã geralmente discutem entre si sobre qual método é mais eficiente. Aparentaria ser bem mais produtivo usar os dois métodos, dependendo da pessoa e da situação.

Apologética Cristã é simplesmente apresentar uma defesa básica da fé Cristã e da verdade Cristã àqueles que delas discordam. Apologética Cristã é um aspecto necessário da vida Cristã.

Somos todos comandados a estarmos prontos e equipados a proclamar o Evangelho e defender nossa fé (Mt 28:18-20; 1 Pe 3:15). Essa é a essência da apologética Cristã.

Fonte: GotQuestion

Por Litrazini
Graça e Paz

quarta-feira, 29 de julho de 2020

VIVENDO EM UM CAMPO MINADO!


Não podemos negar que vivemos em tempos difíceis. Passamos por revoluções industriais, culturais, sexuais, etc... e agora, desaguamos numa sociedade sem padrões, sem limites, sem referencial.

Em nome da liberdade individual foi outorgado a cada ser humano o direito de fazer o que quiser, de ser o que quiser, de ter a preferência sexual que bem entender, e viver a seu próprio modo.

Cada pessoa de nossa geração tem andando sob sua própria ordem, escravo de suas paixões e vontades sob pretexto de liberdade. Uma geração como a de Noé! Comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento (Mt 24:38).

É interessante observar a narrativa de Gênesis 6:11 e 12: “A terra estava corrompida à vista de Deus e cheia de violência. Viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque todo ser vivente havia corrompido seu caminho na terra.” Esta narrativa se parece muito com a descrição de nossos dias!

Violência, seres humanos corrompidos, busca pelo prazer, sexualidade exacerbada, etc.... Aquelas pessoas viviam preocupadas com seus prazeres, negócios, vidas, e não  perceberam o grande desastre que os aguardava.

Era uma geração sem referencial, sem limites, sem padrões, sem verdade absoluta, sem leis! Uma geração parecida com a civilização de Sodoma e Gomorra, onde o pecado, a violência e a imoralidade sexual, bem como toda a sorte de perversões, estavam presentes. Não havia limites.

Não podemos negar que vivemos em uma geração muito semelhante àquela! Liberdade individual exacerbada, religiosidade e espiritualidade em ascendência junto ao misticismo, culto ao corpo, busca pelo prazer sexual e anímico, bem como, culto ao individualismo. Nossa moda reflete isto. Vestimos roupas que exaltam a sensualidade, que dão ênfase à liberdade e a exclusividade

No campo da religião, ser “espiritualista” agora é chique, principalmente se for uma crença holística.

Como conseqüência a igreja tem sofrido, principalmente seus jovens, um rebaixamento dos padrões de pureza e santidade, misturando-se às práticas pagãs numa busca desenfreada por atrair os jovens para seus cultos e trabalhos especiais.

Mas quando se reúnem em acampamentos ou grupos, o que se vê é uma proliferação de jovens violentos, viciados, sensuais, indevidamente iniciados nas práticas sexuais, sem temor de Deus, e etc...

Muitos pastores e líderes de jovens têm buscado, por todas as formas, atrair estes jovens com brincadeiras, campanhas, atividades, noites de louvor e outros do gênero!

Apesar da dúvida, se faz necessário crermos que é possível um jovem, nos dias de hoje, guardar o seu caminho

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz

terça-feira, 28 de julho de 2020

A AUTORIDADE DA PALAVRA DE DEUS


“No princípio era o verbo e o verbo estava com Deus , e o verbo era Deus... Jo 1.2-3
Deus uniu-se a si mesmo com sua Palavra. Ele não somente está na sua Palavra, mas dá apoio a ela. Não se pode separar Deus de sua Palavra

“Deus vela pela sua Palavra para que nenhuma de suas palavras falhe – antes que todas se cumpram. Jr. 1.12”

A palavra de um homem é o que o homem é. A Palavra de Deus é o que Deus é. Descrer dessa Palavra é descrer de Deus que é o autor dela. Nossa atitude para com a Palavra determina tudo.

Quando foi dito a Maria que ela conceberia do Espírito Santo. Ela não compreendia como poderia ser
Ao olho natural era impossível. Ela não permitiu que a razão ocupasse o lugar da Palavra. Pode parecer fanatismo, mas Maria nos deu o segredo DO FAVOR DE DEUS quando disse: CUMPRA-SE EM MIM SEGUNDO A TUA PALAVRA.

Quando se aprende a deixar de lado os argumentos e conhecimentos teóricos. Quando alguém diz “CUMPRA-SE EM MIM SEGUNDO TUA PALAVRA” e agir assim. Conhecerá a vitória e o poder triunfal de Deus.

Jesus era admirado pelo conhecimento e autoridade que tinha da Palavra. O que cativou e chamou a atenção do povo é que JESUS FALAVA COM PODER E AUTORIDADE. “Que PALAVRA É ESTA! Que até aos espíritos imundos manda com Autoridade e poder e eles saem” Lc 4.32 e Vs 36

Jesus disse a tempestade que acoitava o barco “CALATE E AQUIETA-TE” e houve bonança. Os discípulos exclamaram: “Quem é este que até o vento e o mar lhe obedecem”? Mc 4.39

A CHAVE DA VITORIA
Ao pai lunático Jesus disse “ SE VOCE PODE CRER, tudo é possível ao que crer” Mc 9.23
Você crê que acontecerá com você o que Jesus disse. CRE SOMENTE. Você pode ser liberto e curado agora mesmo. Concretize a palavra de Deus agora em sua vida e vença todas as dúvidas e receios. Deixe sua fé  liberta-lo agora mesmo

CONCRETIZE SUA FÉ e a palavra de Deus lhe transmitirá poder criativo e vida divina.

As dores e inflamações começarão a desaparecer. Os surdos começarão a ouvir sons. Os mudos poderão falar. Os cegos poderão ouvir. Ouça a palavra que diz LEVANTA-TE E ANDA NO NOME DE JESUS.

O poder do nome de Jesus está sendo revelado. Você verá diante de seus próprios olhos que é possível fazer as mesmas coisas que foram feitas pelos apóstolos e. mesmo pelo próprio Jesus. Hb 13.8 diz que sua palavra é a mesma e ainda tem poder quando é anunciada.

JESUS QUER FAZER SEU MILAGRE AGORA
Não olhe para o tamanho da sua fé, use-a agora fale para o monte. Ainda que sua fé seja pequena como um grão de mostarda ela pode transporta uma montanha. Se você a usar.

Feche a boca do diabo, acabe com a maldição em sua vida. Comece a viver a nova vida que Deus tem para você

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz

segunda-feira, 27 de julho de 2020

O PODER DA PALAVRA DE DEUS


No Princípio criou Deus os céus e a terra Gn 1.1
Disse Deus:
Haja Luz e houve luz Gn 1.3;
Haja expansão ... e assim foi Gn 1.6-7;
Ajunte as águas.... e apareça a porção seca. ... assim foi Gn  1.9;
Produza a terra ... e assim foi Gn 1.11;
Haja Luminares ... a assim foi Gn  14.15

Quando começamos a reconhecer o poder criador de Deus (através da sua Palavra). Descobrimos que:
Se tornam possível todas as impossibilidades.
Se torna fácil o que sempre parecia difícil.
Mas a Palavra de Deus precisa ganhar vida em nós.
Se ela for apenas uma doutrina, um credo um dogma, ela permanece morta e inútil  
“As palavras que eu vos disse, são espírito e vida Jo 6.63”

QUANDO DEUS FALA
O mesmo poder criador opera como operou na criação
Sua Palavra é tão eficiente, tão poderosa, sim, geradora como quando na criação.
“Eu, o Senhor, falarei, e a palavra que eu falar se cumprirá Ez 1212.25”
“E Ele (Deus) confirmou sua Palavra, que falou Dn 9.12”
“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar Mt 24.35”
“A Palavra do Senhor permanece para sempre 1 Pe 1.25”
“A fim de que a promessa seja firme a toda posteridade Rm 4.16”
“O que ele (Deus) tinha prometido também era poderoso para fazer Rm 4.21”
“Porque nenhuma Palavra vinda de Deus, será impossível Lc 1.37”

POR A PALAVRA EM EXECUÇÃO
Creia na Palavra de Deus, confie nela  e conheça o poder criador de Deus em sua vida.
Se Deus disser: “EU SOU O SENHOR QUE TE SARA”  (Ex 15.26)
Se creres no poder maravilhoso desta palavra. EXECUTE-A.
Então o enfermo acamado se levantará pela fé e ficará são.
O coxo saltara como um cervo.
A língua do mudo começará a cantar.
Os ouvidos do surdo se abrirão.
Dores fugirão,
trevas serão banidas.
Começará a fazer coisas que antes não podia fazer

O poder criador de Deus, criará em seu corpo aquilo que é necessário para ter saúde e ficar forte.
A fraqueza se torna em fortaleza.
A morte se torna em vida
As enfermidades se tornam em saúde
O que era impossível, se torna possível.

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz


domingo, 26 de julho de 2020

SALVAÇÃO X REPUTAÇÃO: O QUE É MAIS IMPORTANTE PRA VOCÊ?


Não se preocupe com o que o mundo vai dizer a seu respeito, atente-se ao que Deus pensa sobre você! Porque a salvação é muito mais importante que a reputação!

As almas estão se perdendo e nós cristãos o que estamos fazendo para evitar? Estamos com medo de evangelizar drogados, prostitutas ou políticos corruptos, por medo de sermos comparados a eles e “mancharmos” nossa reputação perante os homens?

Não, não podemos negar a Cristo, deixar de pregar o evangelho por receio daquilo que vão dizer sobre nós.

A reputação diz respeito ao que pensam sobre nós, é claro que para nós cristãos, é muito bom zelar por uma boa reputação, mas muitas vezes deixamos de expressar a nossa fé e evangelizar para manter uma boa imagem perante a sociedade e isso não é nada bom. Quem pode fazer o bem e não faz peca!

O nosso Senhor Jesus Cristo foi crucificado exatamente por sua reputação, pelo que diziam sobre Ele em sua época, mas Ele não se preocupava com o que pensavam ou diziam:

“...Tu és o Rei dos Judeus? Respondeu-lhe Jesus: Tu dizes isso de ti mesmo, ou disseram-to outros de mim? Pilatos respondeu: Porventura sou eu judeu? A tua nação e os principais dos sacerdotes entregaram-te a mim. Que fizeste? Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; ...” João 18:33-37.

Aceitamos o sacrifício de Jesus na cruz e a salvação, mas não estamos tão dispostos a abrir mão de nossa própria reputação em prol do reino, não estamos totalmente dispostos a sermos crucificados com Cristo e chegamos muitas vezes a negá-lo com as nossas atitudes.

A Salvação é dom de Deus e somos salvos por intermédio do sacrifício de Jesus na Cruz, ou seja, é pela graça, que é um favor imerecido de Deus para com a humanidade. “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.” Ef 2:8-9

Por isso é preciso nos esvaziarmos de nós mesmos e dos nossos papeis sociais e assumirmos a identidade de Cristo. Temos que dar testemunho da verdade de Cristo, dizer ao mundo as boas obras que Deus têm feito em nós, para que os outros também sejam salvos.

A salvação é individual, mas nós temos o papel de ir por todo o mundo e pregar o evangelho de Cristo e para isso não precisamos sair de casa. Em nosso próprio lar ou trabalho podemos resplandecer a luz de Cristo, basta darmos bom testemunho não só com palavras, mas também com ações e atitudes.

“Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus". Mt 5:16

Fernanda Thomaz

Por Litrazini
Graça e Paz


sábado, 25 de julho de 2020

COLOQUE O FOCO NAQUILO QUE VOCÊ TEM.


“...Eliseu perguntou: —O que posso fazer por você? Diga! O que é que você tem em casa? — Não tenho nada, a não ser um jarro pequeno de azeite! — respondeu a mulher. Eliseu disse: — Vá pedir que os seus vizinhos lhe emprestem muitas vasilhas vazias. Depois você e os seus filhos entrem em casa, fechem a porta e comecem a derramar azeite nas vasilhas. E vão pondo de lado as que forem ficando cheias ... Quando todas as vasilhas estavam cheias, ela perguntou se havia mais alguma. —Essa foi a última! — respondeu um dos filhos. Então o azeite parou de correr”. (2 Reis 4.1-7)

Nesse texto temos a história de uma viúva pobre que procurou o profeta Eliseu, porque teria os seus filhos vendidos como escravos para pagar a dívida que o marido havia deixado; o Senhor realizou o milagre a partir do pouco de azeite que ela tinha em sua casa...

Deus nos ensina a focar naquilo que temos e não naquilo que não temos.  Pessoas que vencem investem 90% do tempo, dos recursos, dos talentos e energia, no foco da visão. Com muita naturalidade as pessoas colocam o foco naquilo que não tem. e esse é um grande problema...

Disse Jesus: "Quem é fiel no pouco também é fiel no muito; quem não é fiel no pouco também não fiel no muito" (Lc 16.10).

Arrependa-se, e peça perdão a Deus, por ter feito estas declarações pessimistas, elas refletem falta de fé, duvida, medo; elas mostram que você está focando naquilo que você não tem.

Sempre que colocamos o nosso foco naquilo que não temos, nós reclamamos, murmuramos, invejamos, e não andamos em vitória. Temos que colocar o foco naquilo que Deus já nos deu. Tudo o que Deus começa, Ele termina...

Antes da multiplicação dos pães e peixes, o foco dos discípulos de Jesus estava naquilo que eles não tinham (Mt 14.15). O foco de Jesus estava naquilo que Ele era e naquilo que Ele tinha (Mt 3.17; 14.13-21).

Deus perguntou a Moisés: "Que isso que tens na mão? Respondeu-lhe: um cajado" (Êx 4.3).

Davi colocou o foco naquilo que ele tinha em suas mãos, uma funda e cinco pedras, e assim ele venceu o gigante Golias (1 Sm 16.40,48-50).

O seu milagre começa com aquilo que você tem em sua casa. A viúva pobre que procurou o profeta Eliseu... Deus usou o pouco de azeite que ela tinha em sua casa para realizar o milagre que ela precisava (2 Re 4.1-7).

Jesus ensinou os seus discípulos a focar naquilo que eles tinham em suas mãos, cinco pães e dois peixes (Mt 14.13-21).

O apóstolo Pedro aprendeu a focar naquilo que ele tinha: "Não tenho prata e nem ouro. mas o que tenho, isso te dou, em nome de Jesus o nazareno, levanta e anda" (At 3.1-10).

Foque naquilo que Deus já deu a você: O perdão dos seus pecados. Eterna salvação em Cristo Jesus. O poder e os dons do Espírito Santo. A sua família. A sua igreja. O seu trabalho. A sua casa, os seus bens. Os seus talentos

Alinhe o seu foco com os propósitos de Deus. Conhecer a Deus e fazer a sua vontade deve ser o nosso foco.

A nossa missão é dar continuidade à missão que Jesus começou (João 20.21).

Quando você está alinhado com o coração de Deus, o seu sucesso é o sucesso de Deus

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz

sexta-feira, 24 de julho de 2020

10 MOTIVOS PARA ACREDITAR NA BÍBLIA


1. PORQUE A BÍBLIA É UMA OBRA LITERÁRIA
A Bíblia não é somente uma obra literária, é a mais primorosa obra literária da história e do mundo. Nada se compara à Bíblia em termos de evidências históricas, arqueológicas e documentais.

2. PORQUE A BÍBLIA TRAZ AS RESPOSTAS
A Bíblia concentra absolutamente todas as respostas essenciais para o ser humano em um único livro, antigo e atual ao mesmo tempo. É o único livro que cobre todas as áreas essenciais da nossa vida: física, espiritual, intelectual, familiar, profissional, social e sentimental.

3. PORQUE A BÍBLIA EXPÕE A LIMITAÇÃO HUMANA
Como seria possível uma pessoa escrever uma história sobre a ação de um ser superior, e mesmo após sua morte outros continuarem sua história, dando ainda mais detalhes sobre este mesmo ser? Sem a ação e supervisão de alguém com conhecimento do passado, presente e futuro isso seria completamente impossível!

4. PORQUE AS PROMESSAS BÍBLICAS SE CUMPREM
É possível comprovar em nossas próprias vidas o cumprimento de promessas como paz, segurança, descanso, prosperidade, sabedoria, entre outras. E mais do que isso, o cumprimento destas promessas nos dá confiança para acreditar em promessas ainda maiores, como a Vida Eterna.

5. PORQUE NÃO É PRECISO ABRIR MÃO DA RAZÃO
Ao contrário do que muitos pensam, para crer na Bíblia não é preciso praticar uma fé cega, sem o uso da razão. Nós temos que conhecer para poder assimilar o seu conteúdo. A grande questão é que muitos não entendem que a fé simplesmente vem antes do entendimento, primeiro você crê, e você tem motivos para isso, e depois você entende.

6. PORQUE A BÍBLIA REVELA QUEM É JESUS CRISTO
Jesus foi o homem mais influente que já existiu, sem dúvida alguma. Se você crer na Bíblia, e praticar o que ela ensina, a consequência é que você tenha um encontro pessoal com esse mesmo Jesus Cristo.

7. O CUMPRIMENTO DE PROFECIAS BÍBLICAS
Uma das maiores evidências de que a Bíblia é a Palavra de Deus são as profecias que já se cumpriram. A Bíblia teve, tem e sempre terá todas as suas profecias cumpridas, sem abrir mão de absolutamente nenhuma delas.

8. A QUESTÃO DAS CONTRADIÇÕES
Quando se faz uma pesquisa mais profunda, percebe-se que não há contradições na Bíblia. Além disso, passagens de difícil compreensão, somadas a algumas imprecisões na tradução do grego e do hebraico, e também a uma predisposição em encontrar erros, farão com que histórias semelhantes ou narrativas diferentes, pareçam contradições.

9. AS DESCOBERTAS DA CIÊNCIA
Para crer na Bíblia não é necessário abraçar uma única interpretação sobre a criação ou mesmo negar a interpretação literal. O mais importante é saber que absolutamente tudo o que existe foi criado por um único Deus.

10. A EXPERIÊNCIA PESSOAL
Quando aplicamos os princípios bíblicos em nossas vidas, é possível comprovar que não se trata de um livro qualquer. A transformação que acontece em nossas vidas somados à possibilidade de ver Deus falando conosco de forma particular, faz com que dentre todos os motivos para crer na Bíblia, nenhum deles supere a experiência pessoal.

FONTE: GUIAME

Por Litrazini
Graça e Paz

quinta-feira, 23 de julho de 2020

O REMÉDIO PARA O PECADO


“Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento”: Lc 15.7. Jesus trouxe o remédio para o pecado: Arrependimento  Deixo de ser independente e passo a ser dependente de Deus. O Homem está perdido porque é rebelde, independente de Deus.

Arrepender-se e mudar de atitude, cortar o mal pela raiz, para que o pecado não torne a brotar, este é o grande segredo que custou a vida do Filho de Deus, Jesus Cristo. Você quer anular este sacrifício? Pense nisso!!!

“Escondi a tua Palavra no meu coração, para eu não pecar contra ti”: Sl 119.11

TENTAÇÃO COMO FUNCIONA:
1° passo - desejo no coração; 2° passo - dúvida na mente; 3° passo - engano; 4° passo desobediência que é igual pecado.

DECISÃO DE MUDAR
Mas onde eu devia começar? O mundo é tão vasto.
Começarei com o meu país, que é o que conheço melhor, meu país, porém é tão grande.
Seria melhor começar com minha cidade, mas minha cidade também é tão grande.
Seria melhor eu começar com a minha rua.
Não: minha casa
Não: minha família.
Não importa, começarei comigo mesmo.
                                       
Um Rei, precisando contratar um novo cocheiro, fez chegar 3 candidatos. Perguntou ao primeiro: Até que distância você é capaz de se aproximar de um abismo com a carruagem sem tombá-la? Ora digamos uns 20 cm – ele respondeu;

E você? – Perguntou o Rei ao segundo. - Eu? – Respondeu o outro orgulhosamente. Garanto a carruagem até a proximidade de 10 cm do abismo.

E você? – Perguntou ao terceiro. Este espantado com as respostas dos outros disse: Do abismo eu prefiro manter a maior distância possível...

O Rei o contratou. Na viagem da nossa vida, devemos ser tão sábios como o terceiro cocheiro, fugir do perigo por uma distância máxima. Muitos cristãos já sucumbiram à tentação porque, se achavam seguros de si e negligenciaram a oração e a vigilância.

Estaremos fugindo do pecado se pedirmos ao Senhor Jesus, cada dia de novo, a proteção. A tentação fugirá de nós, se cantarmos um hino de louvor à Deus.

Lidiomar Trazini Granatti / Litrazini
Graça e Paz

quarta-feira, 22 de julho de 2020

A CHAVE DA BÊNÇÃO


Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda.(Jo.15.16)

A fé é a chave da vitória. Entretanto, não basta ter uma chave para abrir determinada porta. É preciso ter a chave certa. Toda chave tem um segredo, um desenho ou código específico que a fará funcionar.

No caso do reino de Deus, este segredo é o NOME DE JESUS. Quando buscamos uma benção ou milagre, precisamos entender e usar o poder desse Nome.

JESUS É O ÚNICO CAMINHO PARA DEUS (Jo 14:6) Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

Por causa dos nossos pecados, nosso caminho ficou bloqueado até Deus. Foi por isso que Jesus veio e morreu em nosso lugar, pagando o preço pelos nossos pecados. Agora, Ele é a única maneira de nos aproximarmos de Deus e sermos ouvidos. Suas palavras são claras: “Eu sou o caminho... Ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim”.

Portanto, não adianta apenas ter fé. É necessário exercer essa fé em nome de Jesus, (I Tm 2:5) Porquanto há um só Deus e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem.
         
AS PROMESSAS DE DEUS SÓ SE CONFIRMAM ATRAVÉS DE JESUS (II Co 1:20) Porque quantas são as promessas de Deus, tantas têm nele o sim; porquanto também por ele é o amém para glória de Deus, por nosso intermédio.

A Bíblia está cheia de promessas de Deus para nós. O Deus que não mente diz que já nos abençoou com toda sorte de bênçãos. É como se houvesse um depósito feito para nós no céu, suficiente para suprir todas as nossas necessidades (físicas, emocionais, familiares, financeiras, econômicas, etc.…).

Acontece que tudo isso só pode ser desfrutado com o aval, ou seja, a garantia de Jesus. Ele é o “sim” e o “amém” que precisamos para desfrutar da benção.

JESUS É O NOME RECONHECIDO NO CÉU (FP 2:9-11) Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.

Quando nos apresentamos em nome de Jesus, as portas se abrem para nós.

Este é o nome mais importante e poderoso no mundo espiritual. Os céus o reverenciam e os demônios tremem diante d’Ele. Se no mundo natural há pessoas tão influentes que quando você se apresenta em nome delas, as portas se abrem, muito mais do reino espiritual, quando nos apresentamos respaldados pelo nome de Jesus.

(At 4:12) E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos.

USAMOS O PODER DO NOME DE JESUS ATRAVÉS DA ORAÇÃO (Jo 16:24) Até agora vocês não pediram nada em meu nome; peçam e receberão para que a alegria de vocês seja completa. Uma vez que temos fé e a colocamos completamente em Jesus, o que temos que fazer é orar, pedir. Se não pedirmos, não vamos receber.

Um cheque, para ser descontado, tem que estar preenchido, assinado, e ser apresentado. Um milagre, para ser conquistado, precisa ser buscado em oração e respaldado pelo nome de Jesus.

Falar em nome de Jesus significa declarar algo que seja da vontade de Deus e que Jesus pagou o preço para nos abençoar.

Transcrito Por Litrazini
Graça e Paz